Seguidores

terça-feira, 3 de maio de 2011

Living Sacrifice - De volta e na ativa

Living sacrifice está de volta. A influência da banda de metal cristão é profunda em toda a cena. Ex-Integrantes e atuais do Living Sacrifice passaram a tocar em bandas como Evanescence , POD e Norma Jean. O Living Sacrifice se separou em 2002, mas voltou para comunidade do metal em 2008.

"The Infinite Order", o novo álbum da banda, foi produzido por Jeremiah Scott (Destroy, Destroy, Destroy) e Mixado por Andy Sneap (Megadeth, Machine Head, As I Lay Dying) e anuncia o retorno do Living Sacrifice com poder e majestade.

Potente, sem rodeios, thrash e habilmente executado, como sempre, o álbum serve como um lembrete sem remorso de que o Living Sacrifice tem influenciado muitos dos líderes de hoje na Heavy music, sustentando seu legado com uma auto-estima elevada.










“Living Sacrifice tem sido uma enorme influência para mim, musicalmente e espiritualmente” Declara o Grammy designer Grafico e Vocalista da banda Demon Hunter.

“Eles estiveram desde Muito cedo na minha juventude, e quando comecei a ter interesse em Musica Pesada, o Living Sacrifice destacou-se como uma faixa que apresentou maior nível de habilidade, capacidade de composição e profissionalismo. Eles são uma daquelas bandas que você pode contar com a liberação de material continuamente surpreendentes”.

“Living Sacrifice foi uma das primeiras bandas cristãs, de Metal Pesado, respeitada fora da cena cristã”, acrescenta o guitarrista Tim McTague do Underoath. “Eles certamente ajudaram a pavimentar o caminho para o cruzamento da nossa banda.”

Living Sacrifice formada em Little Rock, Arkansas em 1989, Bruce Fitzhugh e Lance Garvin eram adolescentes quando eles se reuniram com o amigo DJ Johnson e, posteriormente, Jason Truby (que mais tarde foi se juntar ao POD) determinou a criação de uma banda de metal musicalmente intransigente como grupos seculares da época, mas com uma mensagem positiva.

Este foi praticamente inédito na época e para muitos bastante controversos, soprando as portas abertas e cruzando as fronteiras pré-concebisas com uma mistura de thrash e death metal em seus três primeiros álbuns: O Álbum Auto-intitulado Living Sacrifice de 1991, Nonexistent no ano seguinte e em 1994 Inhabit, um trio clássico do Heavy Primário, todos lançados pela extinta R.E.X. Records.

Living Sacrifice foi conhecido pela maioria de seus fãs com o álbum Reborn, Lançado em 1997, foi o marco para o gênero e gerou inúmeros imitadores, tanto na cena cristã como fora dela.

Com novas fronteiras, o Living Sacrifice encontrou aceitação na imprensa Mainstream do Metal e o respeito de bandas companheiras, sem comprometer a sua visão artística ou espiritual.

TIM Lambesis, Vocalista/ Compositor do As I Lay Dying resume o Living Sacrifice assim:

“Você pode ouvir o Legado do Living Sacrifice em toda a geração de bandas que vieram depois deles, e as bandas ainda não os alcançaram...”

Membros

Bruce Fitzhugh, Rocky Gray, Lance Garvin, Arthur Green



Web SIte Living Sacrifice


Nenhum comentário: