Seguidores

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Entrevista Exclusiva com Julho César Indio - Batéra da Banda Akza



Julio Cesar Índio:

Fomos chamados para quebrar tradições e paradigmas, portanto nossas músicas tem que gerar impacto, foi muito difícil selecionar quatro músicas dos dois primeiros CD’S para regravação, mas acredito que essas que você citou eFILHO DO HOMEM são as mais conhecidas e queridas. Nosso guitarrista Davidson Gadita sempre diz que a repetição leva a perfeição, então não podemos nos cansar, pois temos que fazer o melhor para o Pai do Rock, JESUS CRISTO.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Entrevista Exclusiva com JT, Vocalista da Banda Metal Nobre



Hoje o Blog do Thy Silvério tem o grande prazer de fazer uma entrevista com um dos maiores nomes do Rock n’ Roll Cristão do Brasil.

Líder e Vocalista de um verdadeiro Ministério musical usado por Deus para ganhar almas para Jesus, que já tem Quatorze Anos de Existência, Seis Cd’s e um DVD Gravado, e mais Um DVD e Um CD AO VIVO a Caminho.

Hoje o Blog do Thy Silvério fala com JT Vocalista da Banda Metal Nobre.

"Hey você Internauta!!

Ao clicar nos nomes relacionados à Pessoas,


Que estiverem na cor

Amarela nesta entrevista, você poderá

acessar o Twitter relacionado ao mesmo.


Aproveite esta novidade!!!
"



Thy Silvério:

Olá “Jota”, é um grande prazer falar com você, mesmo que por hora ainda estejamos nos falando via E-mail.

Antes de qualquer coisa gostaria de lhe dizer que a Banda Metal Nobre tem uma importância muito grande para mim e para a equipe do meu Blog, que é composta por Luciano Silvério e Carol Santos. Nós estamos muito felizes em poder fazer esta entrevista com você. Deus os usa sempre em nossas vidas desde a primeira vez que os ouvimos, e este é realmente um momento muito especial para nós.

“Brother”, o Metal Nobre já passou por algumas modificações nesses Quatorze anos de estrada. Já contou com nomes como os de Pedro Pantoja (Guitarrista), Mauricio Barbosa (Baterista), Adriel Sorriso (Baterista)...

Desde essas Formações o Metal Nobre conseguiu marcar todas as gerações pelas quais passaram, e marca até hoje.

Penso que quando alguém passa a ser querido para nós, nasce uma vontade de conhecer melhor, de ouvir sua história, andar junto. E isso acontece com todos os fãs do Metal Nobre com certeza.

Por isso gostaria de perguntar, como se deu o início do seu Ministério? Como foi montar a

primeira Banda? E como foi que o Metal Nobre nasceu?


Primeira vez que me perguntam sobre o início de meu ministério na música.

Eu me converti em 1982 e no ano seguinte fui convidado

a participar de um conjunto/coral de Dezesseis vozes, chamado CANTO LIVRE, no Rio de Janeiro e depois de alguns anos fui morar em Maceió, onde, com alguns amigos, montamos uma banda chamada BLUES 126, porque tínhamos uma música com esse nome, feita do salmo 126.

Depois de algum tempo, fui chamado para fazer um teste em uma banda aqui em Brasília, chamada KADESH, o que culminou na gravação de um LP chamado

IMAGEM. Saí da banda e fiquei quase Três anos sem cantar.

Montei uma banda chamada JT e Banda com o Eudes (ex-batera do Kadesh) e depois Encontrei o Kenney Gouveia, que tocava baixo na banda AKZA e decidimos montar um trabalho sem muita expectativa e assim nasceu METAL NOBRE.

Thy Silvério:

O Guitarrista Pedro Pantoja e o Contra Baixista Kenney Gouveia pertenciam à Banda Akza antes de tocarem com o Metal Nobre, juntamente com o Baterista Julio Cezar – O Índio, e com o Pastor Silvério Peres, que hoje é pastor na Ig. Sara Nossa Terra aqui de Copacabana - RJ. Como foi o primeiro encontro com estes excelentes músicos e o Metal Nobre?

JT:


Eu recebi um convite para tocar em um evento chamado “Pão e Circo”, no Teatro Nacional, aqui em Brasília e convidei o Kenney para fazer uma participação, pois o Carlos, nosso baixista tinha saído. Ele me falou do Pedrinho (Pedro Pantoja), mas eu já havia convidado o Wellington para a guitarra.

A banda daquela noite era:

* JT – Vocal

* Eudes – Bateria

* Wellington – Guitarra

* Kenney - Baixo.

No local o Pr. Silvério me chamou e disse:

“Olha, senti de Deus de liberar o Kenney para tocar com você, mas, também senti que seu “guita” é o Pedrinho. Um só vai se levar o outro. Ordens de Deus, meu camarada!”

Eu fiquei de cara!!! Fiquei de pensar... Cerca de uma semana depois o Wellington me diz que queria sair, e eu disse ao Kenney:

“Cara, esse Pedrinho segura a onda da “guita” mesmo??”

Ele me disse:

“O Pedrinho?? Você tá de brincadeira comigo??? Espera pra ver...o cara

é um animal no Rock n’ Roll!!!!!”

Foi a escolha que deu o pontapé inicial nas composições da banda que mais marcaram. Tinha que ser né? Era vontade de Deus e só podia ser a melhor!!!

Thy Silvério:

Em uma entrevista dada ao “Site Conexão G3 em Recife”, você nos contou sobre alguns integrantes antigos do Metal Nobre. Se não me engano foram citados dois, Wellington de Sousa e Eudes. Afinal, qual foi a Primeira formação do Metal Nobre? E quem eram estes Integrantes?

JT:

Eram:

* JT – vocal

* Eudes – bateria

* Wellington - guitarra

* Kenney - baixo.

“A cozinha era POWER TRIO”

Thy Silvério:

Cara, o Metal Passou por outras formações com outros componentes, você poderia nos dizer os nomes dos componentes que já participaram do Metal Nobre, e como foi pra você lhe dar com cada momento novo?


JT:

Os caras que já passaram pela banda foram:

* Pedro Pantoja – “Guita”

* Juninho di Souza - “Guita”

* Wellington - “Guita”

* Maurício Barbosa “Batera”

* Adriel Sorriso “Batera”

* Luiz Silva - “Roadie” que virou “Batera”

* Eudes “Batera”, PH - (Eterna) “Batera”

* Daniel Gomes – “Baixo”

* Daniel Ulisses – “Baixo”

Espero não ter esquecido de ninguém (hehehehe!!!!)

Thy Silvério:

Quais são os componentes do Metal Nobre Hoje?


JT:

A gangue hoje é:

* JT - Vocal

* Kenney - Baixo

* Hirion - Teclado

* Dídio - Batera

* Leonel Valdez - Guitarra

Thy Silvério:

Essas formações rolaram por algum motivo em particular Brother? Ou aconteceram naturalmente?

JT:

Brother, os motivos foram vários, mas, cada um que passou pela banda, deixou sua marca e contribuiu para o reino.

O MN só é o que é hoje porque tem a assinatura de cada um desses caras.

Thy Silvério:

Uma musica que não pode faltar em um Show do “M.N”. é a “Jerusalém”.


Lembro da Gravação do DVD Nas Mãos do Senhor (Ao Vivo), um dos melhores shows dos quais já fui. Lembro que quando essa musica foi tocada, o chão literalmente tremeu. Acho que Juntou o Povo Pulando, outros brincando nas Rodinhas, e o Poder de Deus, e o chão tremia! Eu mesmo fiquei “Tri-Louco” , essa musica libera a endorfina de qualquer pessoa que a ouça, fazendo a adrenalina ficar no nível mais alto.

Gostaria de saber o que você sente quando canta esta musica? Como ela foi concebida, e o que ela significa em sua vida?

JT:

Cara, Jerusalém é muito especial. Ela foi composta pelo Pedrinho, e foi uma das músicas que eu achei que passaria batido, mas, os planos de Deus eram outros e ela marcou de tal maneira que fica impossível fazer um show sem ela.

Quando eu vejo que chegou a hora de tocar esse som, já me preparo pra loucura santa! (Hahahahahaha!!!!!)

É bom “demaaaaaiiiissssssss!!!!!!!!!!!!!”

Thy Silvério:

Existe alguma musica Preferida para o JT?


JT:

Todas são especiais para mim, mas, a cada ano, me ligo mais em algumas. As músicas, “Amigo” e “Amor e Vida”, nestes dias, tem falado muito pra mim.

Thy Silvério:

Existe alguma diferença entre o Cantor JT, e o Homem José Tenório? Quem é o homem comum José Tenório? Como você concilia a vida de cantor de Rock, e Pai de família?

JT:

Mas é claro que tem!

O cantor curte rock..... o seu Zé Tb!!!

O cantor é louco... o seu Zé Tb!!!

O cantor faz o que dá na cabeça... “Eita!” O seu Zé Tb!!!!

Quer saber? O cantor, o homem e o pai, são puro “Rock’n roll pra Deus!!!!”

Só meus filhos que não são loucos... quer dizer.... ESQUECE... Pergunta outra mais fácil! (KKKKKKKKKK)

Thy Silvério:

(Kkkkkkkkkkkkkk....) Ta bom, ta bom vou perguntar!


Thy Silvério:

Quando você descobriu que gostava de Rock N’ Roll?

JT:

Quando nasci!!!!!!!

Thy Silvério:

(kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.....) Tu é muito doido

mermo!

Thy Silvério:

Deus é Maravilhoso, e podemos acompanhar o seu testemunho e da Banda através das canções. Como foi seu encontro com Jesus? Conte-nos um pouco sobre seu testemunho.

JT:

Cara, eu sempre era convidado por alguns amigos pra ir na igreja Batista de São João de Meriti/RJ e sempre escapava.

Um dia resolvi ir, e ao sentar tive a impressão que o pastor olhava para mim. Depois, que ele falava comigo e pra terminar, que contaram a minha vida pra ele.

Fiquei irado e disse ao Heitor (que havia me convidado):

“Ô cara!!! Quem mandou você contar minha vida pra esse carinha aí?? Ele já sabia de tudo sobre mim!!!”

Ele riu muito e disse:

“Eu não contei nada!!! Quem te conhece é o Espírito Santo, meu
camarada e falou através do pastor.”

Fiquei bolado com aquilo. Como é que podia??? Que Deus era esse!!!!!! Muito, mas muito mais louco que eu???

Um ano depois eu resolvi voltar e aceitei à Jesus nessa igreja.

Thy Silvério:

O Rock N’ Roll e o estilo visual dos seus seguidores é um assunto que leva pessoas de muitas igrejas e ambientes ao Preconceito Musical e Visual.

Você, assim como muitos de nós, já sofreu preconceito por cantar em uma banda de Rock, ou por ter tido cabelos longos, ou por causa de brincos e tantas outras coisas, assuntos que cansam a todos nós.

Uma musica que se tornou a Resposta usada pelos roqueiros para as pessoas que nutriam este preconceito, foi a Musica “Servo de Deus”, musica que é um verdadeiro soco de esquerda no queixo de satanás, que insiste em colocar a divisão em nossas igrejas. Qual o seu recado sobre preconceito musical e visual? Será que um dia conseguiremos alcançar a união que a Igreja do Senhor deveria ter?

JT:

Mano, o preconceito é uma praga!!!!

Já sofri muito isso nas igrejas, mas quer saber??? Canto pra Deus e para quem quiser ouvir!!! Sigo meu caminho e ninguém vai me impedir!!!! Estou preocupado é em pregar a palavra!!! O restante fica por conta do Espírito Santo. Ele é quem faz a verdadeira obra, tá ligado???

Thy Silvério: IRRUUUU....

Thy Silvério:

Se não me Falhe a memória no ano de 2001, você foi candidato a Deputado Distrital no DF.

Muitos Jovens e Adolescentes, inclusive eu, tiramos nossos títulos de eleitores para podermos votar em você, e pelo menos por mim posso dizer que fiz isso com o maior prazer, penso que se os números fossem maiores você faria um excelente trabalho. Você não chegou a ganhar, mas imagino que deve ter feito bons votos não é? Como foi esta experiência política? Como Deus levou você a decidir sobre este assunto? Pretende voltar a se candidatar?

JT:

Foi uma experiência muito louca!!! Os caras não entenderam nada!! (Kkk) Diziam:

“Quem é esse cabeludo???”

Eu curti muito!! (Kkk) Penso que temos que ter consciência política. Não podemos fechar os olhos para o que acontece em nosso País. Mas, não, não penso mais em me candidatar.

Thy Silvério:

Depois das Eleições e após o CD “Ao Teu Lado” A Banda Metal Nobre começou a fazer turnês mais continuas por outros estados brasileiros, e poucas vezes foram vistos em Brasília - DF.

Metal gravou o CD - Independente “Alta Voltagem” em 2008. Raramente se ouvia falar sobre shows da banda em solo candango. Ouvimos falar sobre alguns Problemas vividos pela gravadora Gospel Records, que fizeram com que a banda se tornasse independente. E após isto alguns boatos rolaram em Brasília, e em outros estados sobre o suposto termino da Banda. Qual teria sido o motivo para este boato? O Metal realmente pensou em parar, ou foi só um boato maldoso?

JT:

Pensar em parar???? Muitas vezes!!!! (Kkkkk)

Eu só segui porque tava nos planos de Deus!!

A luta é muito grande! Eu sempre digo:

“Pra segurar a onda da banda tanto tempo, só se for da vontade do Senhor.”

Monta uma banda de rock e depois me diz...

Thy Silvério:

O Metal Nobre está seguindo para o seu segundo DVD que acompanhará o sétimo CD da carreira, que será o DVD Made In Brasil.

O DVD tem tido uma repercussão enorme na Internet, com os vídeos Teaser, e todas as noticias que estão ao seu redor. Gostaria de perguntar como se deu a gravação deste trabalho. Eu soube que foram várias gravações em estados diferentes do Brasil, como foi isso? Como foi para a banda fazer este trabalho tão grandioso? Foi feito independentemente também?

JT:

Cara, o primeiro DVD eu corri atrás, montei, e depois de um ano passamos para a gravadora.

Esse DVD eu queria algo diferente, queria Três Bateras tocando as músicas ao mesmo tempo!!!

Quando apresentei a idéia pra banda a galera falou aquela frase clássica, que eu já me acostumei:

“ENLOUQUECEU????? (KKKKK)

Mesmo assim fui em frente e chamei o PH, o Luiz e o Dídio, para tocarem nos shows. Os caras da banda quase me mataram!! Eram Quatro shows:

Brasília (claro!!), Manaus, Goiânia e São José do Rio Preto/SP.

E como levar o back line todo da banda?

Bem, fora Manaus que foi de avião, seguimos para as outras cidades em um comboio de Oito carros.

Foi a maior aventura que a banda já tinha passado (ao menos pra mim, né???).

No final, tivemos alguns problemas com a edição do vídeo, que acabou atrasando quase Três anos.

Pra solucionar, o Hirion, (acho que é a parte boa que ele aprendeu comigo), ficou “insano” e disse:

“Vou aprender a mexer com vídeo!!!”
Eu falei: “Agora que vai ficar bom!!!”

Cara, sem esse molho chamado loucura, não dá rock!

Ele virava noites e noites acordado!!! (Kkkkk) Até que separou as imagens e acompanhou a edição toda sem dar uma folga. O resultado foi maravilhoso!!! Agora não precisamos mais de diretor de vídeo!!! (Kkkkk)

Thy Silvério: “Pô!! Que massa! É como meu Pai diz:

“Quem quer, cria recurso! Quem não quer, cria uma desculpa!”

Mandaram ver, e Criaram o Recurso! Boto fé!”

Thy Silvério:

No dia em que assisti sua entrevista para o Site Conexão G3, vi o apresentador do Programa lhe perguntar se vocês já teriam pensado em fazer um CD Acústico. E você respondeu que não vê o Metal Nobre com um som Acústico, e que muitas pessoas lhe perguntam isso e tal. Você até comentou que teria mais vontade de fazer um DVD com uma orquestra.

Quero dizer que também não vejo o Metal Nobre fazendo um som acústico, (Risos), não acho a cara de vocês um CD acústico. Mas gostei de mais da idéia de um DVD – “Metal Nobre Simphonica” – Assim no estilo Metallica. Ia ficar muito bom hein? (kkkkkkkkkk)

Você já tem pensado algo sobre este assunto?

JT:

Mano, não espalha... A banda não faz idéia do que vém por aí... (kkkkkkkkkk)

Thy Silvério:

Quais os planos da Banda Metal Nobre para os anos 2011 e 2012?

JT:

Eu creio que, depois que eu apresentar o novo projeto, o plano da banda será de me matar.... (kkkkkkkkkkkkkkkkk)

Thy Silvério: (kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk....) tu me mata de rir “véi”!

Thy Silvério:

Para terminar gostaria de fazer um bate bola com você ok?

Eu direi uma palavra ou frase e você responderá com uma palavra ou frase também. Vamos lá:

Thy Silvério: Sonho!

JT:

Conversar e muito com Deus e perguntar: Não podia ter feito um JT mais “normalzinho” não?

Thy Silvério: Lugar que gostaria de visitar!

JT:

Jerusalém!!! E vou!!!

Thy Silvério: Filosofia de Vida!

JT:

Amar a Deus sobre tudo e ao próximo como a mim mesmo.

Thy Silvério: Primeiro disco que comprou!

JT:

Caraca!!!! Essa foi lá no fundo do baú!!! O primeiro foi um compacto simples da banda Nazareth com a música Love Hurts!!!! Cara, eu juntei grana um tempão e quase furei esse disco!!!!!!!! Recomendo!!! (Tanto a banda Nazareth como furar o disco!!!)

Thy Silvério: (kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk....)

Thy Silvério: Cantor ou Banda Preferida!

JT:

Joe Cocker e Janis Joplin

Thy Silvério: Comida e Bebida!

JT:

Lasanha abarrotada de queijo e refri

Thy Silvério: Melhor momento!

JT:

Nascimento de meus filhos...

Thy Silvério: Pior Momento!


JT:

Quando minha filha tinha cerca de três anos e foi pro hospital com problemas respiratórios sérios... Minha esposa ficou lá com ela e eu voltei pra casa, gritando e chorando muito no carro...no dia seguinte tinha uma apresentação da banda e eu não consegui cantar louvai...me emociono muito até hoje ao contar...foi barra...
Muito obrigado, Deus.....






Thy Silvério: Livro Bíblico preferido!

JT:

I e II Reis

Thy Silvério: Uma Mensagem!

JT:

Não espere amanhecer para pedir perdão, pois pode não haver um novo dia.


Thy Silvério:

Pow Brother, muito obrigado por nos conceder esta entrevista “Jota”. É muito bom estar em Cristo e ver Irmãos como você fazendo a obra de Deus, nos inspirando a seguir o mesmo caminho, “Sendo Guerreiro de Deus, verdadeiro Metal Nobre nas Mãos do Senhor, Feitos no Brasil para adorar e servir a Deus!” Muito Obrigado! Deus siga lhe abençoando, e abençoando a Banda Metal Nobre.
Gostaria que você deixasse uma Mensagem para os seguidores e para todas as pessoas que acompanham o Blog do Thy Silvério.

JT:

Escovem os dentes antes de dormir crianças... (kkkkkkkkkkkk)

Valeu por tudo mesmo, brothers!!!
Que o Senhor os abençoe sempre!!!

Thy Silvério: (KKKKKKKKKKKKKK...) Esse mano é doidão mermo! (Kkkkk!) Me diverti de mais! Vlw mano!

__________________________________________________
DVD MADE IN BRAZIL
LANÇAMENTO EM BREVE
GRAVADO EM 4 CIDADES : Brasília , Goiânia , Manaus e São José do Rio Preto/SP

contatos:
FONES: 61-8222-1513 e 8218-3222 TIM
E-MAIL: jtmetal@ig.com.br
SITE: www.metalnobre.com.br
FACEBOOK: Banda Metal Nobre (Oficial)
TWITTER: @bandametalnobre
ORKUT: Ministério Metal Nobre Oficial





segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Cinema Brasileiro - Filme de Selton Mello - O Palhaço (2011) Trailer Oficial. - Em Breve nos Cinemas

Sobre o filme

Respeitável público, o Circo Esperança está chegando! Selton Mello e Paulo José formam a divertida dupla de palhaços Pangaré e Puro Sangue. Neste diário online, vocês acompanham os melhores momentos das filmagens do filme O Palhaço e o dia-a-dia deste encantado Circo até a data da nossa estréia! Em breve, nos cinemas!

http://www.opalhacofilme.com.br

Ficha Técnica:

direção
SELTON MELLO

produção
VANIA CATANI E SELTON MELLO

roteiro
SELTON MELLO E MARCELO VINDICATTO

produção executiva
VANIA CATANI

direção de produção
LILI NOGUEIRA

direção de fotografia
ADRIAN TEIJIDO, ABC

direção de arte
CLAUDIO AMARAL PEIXOTO

figurino
KIKA LOPES

1a assistente de direção
KITY FÉO

caracterização
MARLENE MOURA E RUBENS LIBÓRIO

montagem
MARILIA MORAES E SELTON MELLO

produção de elenco
CIÇA CASTELLO

cenografia
VALÉRIA COSTA

trilha sonora original
PLÍNIO PROFETA

motion design
CONRADO ALMADA

pesquisadora circense
ALESSANDRA BRANTES

design gráfico
MARIANA HARDY

som direto
GEORGE SALDANHA

supervisão e desenho de som
LUIZ ADELMO

mixagem
PAULO GAMA

supervisão de finalização
DUDA IZIQUE

Elenco:

PAULO JOSÉ

SELTON MELLO

LARISSA MANOELA como GUILHERMINA

GISELLE MOTTA como LOLA

TEUDA BARA como DONA ZAIRA

ÁLAMO FACÓ

CADU FÁVERO

EROM CORDEIRO

HOSSEN MINUSSI

MAÍRA CHASSERAUX

THOGUN

apresentando:

MICHELLE MARTINS

BRUNA CHIARADDIA

RENATO MACEDO

TONY TONELADA

PRITTY BORGES

participação especial:

FABIANA KARLA

JORGE LOREDO

JACKSON ANTUNES

MOACYR FRANCO

TONICO PEREIRA

FERRUGEM

atores especialmente convidados:

DANTON MELLO

MARIA MANOELLA

EMILIO ORCIOLLO NETTO

MARTHA MEOLA

PHIL MILLER

CICO CASEIRA

FLAVIO PARDAL






sábado, 6 de agosto de 2011

Entrevista com o ANTIDEMON no Whiplash

Abaixo a entrevista publicada no site Whiplash com a banda Antidemon
Fonte: http://whiplash.net/materias/entrevistas/113687-antidemon.html


Uma banda de Heavy Metal extremo que prega o Cristianismo – e
com guturais na língua portuguesa! O paulistano Antidemon é um dos mais
atuantes nomes do estilo do Brasil, com uma infinidade de registros que
vão desde demos-tape, coletâneas nacionais e gringas, splits e CDs, e
com excursões que praticamente já cobriu todo o planeta. São
incansáveis!

Desde que liberou o álbum “Satanichaos”
em 2009, o Whiplash! já vinha tentando contatar o Antidemon, mas suas
freqüentes excursões fez com que esta entrevista fosse protelada. De
qualquer forma, Batista (voz e baixo), Juliana (bateria) e o novato Luis
Oliveira (guitarra) conseguiram uma brecha em sua agenda, e o resultado
o leitor confere a seguir:

Imagem


Whiplash!:
Saudações, pessoal. Passaram-se cerca de sete anos desde seu último álbum de estúdio, “Anillo de Fuego”. Por que toda a demora envolvendo o lançamento de “Satanichaos”?

Antidemon: Saudações Whiplash! e todos os seus milhares de leitores! É uma honra estar com vocês e ter a oportunidade de falar de nosso trabalho! Respondendo à pergunta... O Antidemon passou por várias mudanças em seus componentes nesse tempo em que não aconteceram novos lançamentos, e com certeza essa situação de instabilidade prejudicou a composição de um novo disco e uma possível gravação.

Whiplash!: Aliás, “Anillo de Fuego” foi o resultado de sua estréia pelos palcos gringos, o México. Deve ter sido uma experiência inesquecível, não? Mas como rolou a oportunidade de gravar o disco nesse país, e cantado em castelhano?

Antidemon: Sim! O México foi o primeiro país que o Antidemon se apresentou estando fora do Brasil e realmente foi incrível. A partir daí o Antidemon iniciou uma seqüência ininterrupta de apresentações e tours por todo o mundo. A oportunidade de gravar o “Anillo de Fuego” foi por parte dos organizadores dessa tour no México e realmente foi um presente poder
gravar esse álbum.

Whiplash!: “Satanichaos” resultou em um excelente álbum. Mas, na atual situação, com o Antidemon já tendo tocado por tantas nações, não seria mais interessante cantar em inglês neste novo disco?

Antidemon: Não deixamos de pensar nessa hipótese, pois gravarmos em inglês seria uma conquista inédita para o Antidemon, porém não temos isso ainda definido, pois nossa estrada é sempre marcada por surpresas! Recentemente recebemos o convite de gravarmos um split com uma banda colombiana. Essa gravação seria na cidade de Bogotá e a exigência é que cantássemos em castelhano... Ou seja, tudo pode acontecer em relação a essa questão, sobre que idioma vamos gravar o próximo trabalho... Pois essa nossa constante presença e contato com diversas línguas e variados países nos apresenta esse tipo de oportunidade.

Imagem


Whiplash!:
O guitarrista Maurício Cebalho deixou o grupo logo após o lançamento de “Satanichaos”. Justo agora... Ele não estava mais satisfeito com a música do Antidemon? Qual o estilo de seu novo projeto?
--

Antidemon: O Maurício é alguém que gostamos muito e foi muito bom tudo que fizemos juntos... Desde quando ele começou a tocar conosco em 2006, até novembro de 2009, quando expressou seu desejo de iniciar um projeto em outro estilo musical. Ele sempre demonstrou seu lado eclético, porém isso foi aumentando nos últimos tempos. Sempre nos apresentava suas composições em diversos estilos, além do (estilo do) Antidemon e notávamos seu prazer e aprimoramento nisso que estava fazendo. O seu novo projeto parece estar na linha do Blues Rock.


Imagem


Whiplash!: A “Antidemon World Tour 2010” já está agendada. Por onde essa excursão os levará? Já possuem um novo guitarrista?

Antidemon: Após sete meses excursionando fora do Brasil, iniciamos o ano de 2010 com shows de lançamento por todo o país... Alguns em São Paulo, Minas Gerais e uma rápida tour pelo Nordeste incluindo cidades da Bahia, Ceará e Rio Grande do Norte... Depois fizemos o lançamento oficial do disco "Satanichaos" em São Paulo, na inauguração do novo espaço da Crash Church e partimos para Manaus (AM), onde fizemos nossa derradeira apresentação no Brasil nesse primeiro semestre.

Antidemon: Então continuamos com a tour "Satanichaos" por países da América do Sul ainda não visitados... A primeira parada foi Assunção (Paraguai), onde realizamos duas apresentações, depois uma série de shows por toda a Argentina... Começando por Santa Fé, depois Rosário, Buenos Aires, Junin de Los Andes e Bariloche... Terminando por Santiago no Chile quando voltamos ao Brasil... Essa passagem pela América do Sul deverá continuar em setembro de 2010 com alguns shows na Bolívia... País esse que começamos a tour mundial com o disco "Satanichaos". Sobre o novo guitarrista, sim, já temos ele conosco! Chama-se Luis Oliveira e está
conosco desde março desde ano, e realmente estamos muito felizes com a sua integração ao Antidemon e de como a sua presença nos tem trazido alegria e muita garra nas apresentações dessa atual tour.

Whiplash!:
Seus lançamentos são muito underground... Poderia dar mais informações
acerca do DVD “Live In Ecuador, Colombia, Peru & Brazil” e do CD ao
ivo “Anel de Demonichaos”?

Antidemon: Sim... Esses dois últimos lançamentos são bastante undergrounds!!! Esse DVD foi
lançado no México por uma produtora que organizou a nossa tour nesse país em 2009, e o DVD foi para se conseguir fundos para dar suporte a esses shows... Está bastante caseiro, porém contém partes de vários shows e imagens da tour. Já o CD ao vivo, não fora planejado... Pois o
áudio foi gravado por uma câmera de vídeo em uma apresentação na cidade de Kandern, sul da Alemanha em 2009... E o organizador desse show, que é também o dono da Vomit Bucket, achou muito bom o áudio gravado e fez esse lançamento... Tanto um como o outro tiveram nossa aprovação para serem distribuídos.

Whiplash!: O Brasil possui uma infinidade de igrejas, e muitas certamente não teem como prioridade a evangelização. Batista, quais os benefícios da “Crash Church”, considerando que você e sua esposa Juliana são os líderes e fundadores?

Imagem

Antidemon:
Sim... A Crash Church é uma das poucas Igrejas que existem em nosso país que tem esse posicionamento e paixão por alcançar pessoas do meio underground... Em meio a tantas Igrejas e um crescimento tão grande do evangelho, essa parte da sociedade fica meio que ignorada e esquecida, ou simplesmente generalizada como gente da parte do diabo, que não são bem vindos por seu visual e estilo de vida. Bom... Na verdade nos sentimos muito felizes por podermos passar o evangelho da maneira que é... Simples e acessível! Afinal, foi assim que Jesus Cristo fez quando estava na Terra, e sem preconceito a nenhuma classe da sociedade... Por isso mesmo, entre outras coisas, foi criticado e condenado à morte na cruz pelos religiosos e supostos donos da verdade de sua época.

Whiplash!:
Algo que vem fazendo com que os fiéis repensem sobre os valores da Igreja Católica são as atuais denúncias de pedofilia em seu meio. Esses casos não são novidades, mas somente agora seus dirigentes estão aceitando que esses padres sejam julgados e punidos pelos seus atos. A que você acha que se deve tal mudança de postura?

Imagem


Antidemon:
A pedofilia é algo realmente repugnante e não pode deixar de ser combatido de todas as formas e em todos os dias! Esse mal tão inescrupuloso sempre esteve presente na sociedade e ultimamente tem sido mais levado ao conhecimento de todos nós, pois as pessoas, ao invés de
acobertarem por vergonha ou falta de coragem, passaram a denunciar e buscar alguma forma de justiça. O mesmo está acontecendo com a Igreja Católica, que a partir de tantos casos de pedofilia com padres se tornarem mais públicos e as denúncias aumentarem, já não foi possível tapar o sol com uma peneira, e o mais inteligente foi assumir e cuidar para que seja feita justiça a tais pessoas que, através de sua posição utilizando o nome de Deus, prejudicaram a tantas crianças, causando feridas irreparáveis, nelas e em suas famílias.

Antidemon:
Porém, acreditamos que essa podridão, em nível de lideres religiosos, não se restrinja somente à Igreja Católica... Infelizmente deve haver muitos pastores evangélicos e outros religiosos que se valem da boa fé e confiança de seus fiéis para os defraudarem com essa atitude asquerosa einjustificável que são os atos de pedofilia. Todos nós devemos estar com os nossos olhos bem abertos para que a pedofilia seja combatida, nasIgrejas, nas famílias, nas escolas e em todas as partes onde essa brutalidade tem sido cometida.

Whiplash!: Quais as maiores dificuldades que uma banda de Heavy Metal extremo que prega o Cristianismo na língua portuguesa enfrenta em um país como o Brasil?

Antidemon:
Sermos explícitos naquilo que acreditamos nos faz pagar o preço de termos muitas oposições, mas isso não nos incomoda ou nos faz pensar em mudar nossa postura! Queremos ser sempre autênticos e passar em nosso som o que está dentro de nossos corações! E isso é tão forte que não pode ser amenizado, maquiado ou subliminar, mas totalmente explícito e sem reservas. Pregar o evangelho através de nosso som, em português, faz com que ninguém tenha dúvida de nossos propósitos em nosso próprio país. E somos felizes por termos conseguido fazer o mesmo por todos os outros países onde temos tocado, pois temos podido ter tradutores que
transmitissem nossa mensagem no idioma local e isso tem feito com que muitas pessoas se interem de nossa fé e passem a acreditar naquilo que acreditamos! Além disso, nossos CDs estão sempre acompanhados de um encarte onde nossas letras estão, no mínimo, em dois idiomas, sendo um deles o inglês.

Antidemon: Não queremos nunca encobrir que somos Cristãos, pelo contrário, queremos que todos saibam e conheçam como somos convictos e apaixonados pelo que mudou as nossas vidas, que é a nossa fé em Deus! E a boca fala do que o coração está cheio! Não podemos tocar e cantar outra coisa!

Imagem


Whiplash!:
Passaram-se 10 anos desde seu primeiro álbum, “Demonocídio”, e muitas conquistas desde então. Quais as melhores lembranças, tocando para platéias tão distintas ao redor do planeta?

Antidemon:
As melhores lembranças são inumeráveis e poderíamos escrever muitos livros contando sobre todas elas... Mas é inesquecível ver alemães, noruegueses e gente de dialetos tão diferentes tentarem cantar as nossasmúsicas em português em nossos shows... Ver gente se emocionando ao ouvir nossos riffs ou chorando de alegria ao nos conhecerem... Saber quemuitos foram transformados pela nossa mensagem, outros encontraram uma saída, outros desistiram de se matar... Outros até começaram a curtir Metal a partir de ouvir o Antidemon... Foi muito bom ver tudo isso... Viver tudo isso! Tocar em cidades onde nunca havia chegado uma banda de Metal ou dividir o palco com uma banda que você mesmo curtia, era fã há muito tempo. Um dia dormir no chão e no outro em um hotel de muitas estrelas... Em um dia não poder comer nada e em outro dia ter a impressão de comer uma comida de rei. Tocar em um final de semana na gelada Oslo (Noruega), e na semana seguinte tocar sob os 45 graus de Maracaíbo (Venezuela)... Sim... São muitas as coisas que temos sentido... Ter a impressão de não ter nada e, de repente, ter tudo!
Necessitar de ajuda e mesmo assim ajudar a outros... Parecer não ter mais sua própria cama... Sua casa... Viver na estrada... Bom, é isso mesmo que queríamos... É por tudo que batalhamos e como ter conseguido!

Whiplash!:
Ok, pessoal. O Whiplash! agradece pela entrevista e deseja boa sorte em sua próxima excursão. O espaço é de vocês para os comentários finais.

Antidemon:
Queremos agradecer ao Whiplash! por existir e fazer forte o Metal nacional e também por esse espaço tão importante, no qual foi possível fazer conhecido um pouquinho mais de nossa história e do que pensamos como banda. Agradecemos também aos leitores que já nos conheciam e
aqueles que passam a nos conhecer através dessa matéria! Super abraço e nos vemos por aí!

Contato:
http://www.antidemon.net
http://www.myspace.com/antidemonband

segunda-feira, 16 de agosto de 2010


Fonte: http://rock-white777.blogspot.com/search?q=entrevistas

Ultimas Noticias do Blog Rock White 777

Fonte: http://rock-white777.blogspot.com


KRIG: Primeiro DVD Oficial da banda (Veja mais)


__________________________________________________________________________________

Impending Doom: em estúdio, gravando 4º álbum, com lançamento previsto para 2012


______________________________________________________________________________________________

[Vídeo] As I Lay Dying lança clipe de "Beyond Our Suffering" (Veja Mais)



Trino: banda lança "Evora" para download (Veja Mais)